10 aeronaves expostas em praças do Brasil – Parte 1 – Civis e Militares

1 – Douglas DC 3 PT-CBT – (Destruido 24/05/1984) – Manaus – AM

Quem viveu entre o final da década de 1970 e o início da de 1980, em Manaus, deve se lembrar do avião que existia na Praça da Saudade, no Centro da cidade.
O avião, modelo DC-3 doado pela Varig/Cruzeiro (Viação Aérea Rio-Grandense), foi colocado na Praça da Saudade no dia 24 de dezembro de 1977 durante a administração do Prefeito Jorge Teixeira de Oliveira. Nele existia uma placa com as seguintes inscrições:
A presença discreta e silenciosa desta aeronave na principal Praça de Manaus, com a sua prôa significativamente voltada para os céus, servirá também para lembrar o sentido mais alto das realizações que não só a Cruzeiro mais também as suas co-irmãs Varig e Tropical de Hotéis, igualmente vindas do sul longínquo, fizeram na Amazônia, o sentido que tem os atos de amor e solidariedade humana, tão propícios de serem evocados. Nesta véspera de natal, data com felicidade escolhida pela dinâmica administração da Prefeitura de Manaus, para a solenidade desta inauguração. Da mensagem da diretoria da Cruzeiro na entrega do DC-3, em 24 de dezembro de 1977“. (A Crítica, 24/05/1984).

História Inteligente: O avião DC-3 da Praça da Saudade, em Manaus
Douglas DC na Praça da Saudade – Manaus – AM

Jorge Teixeira tinha como objetivo tornar o avião uma atração turística, como ocorria com o mesmo modelo exposto desde o início de 1970 no Aterro do Flamengo, no Rio de Janeiro (Jornal do Commercio, 25/08/1977).
O objetivo foi alcançado, pois o avião tornou-se a principal atração daquela praça do Centro. Nos finais de semana o local ficava lotado de crianças, jovens e adultos interessados em conhecer o DC-3, entrar nele e tirar fotos.
Apesar do sucesso, o avião e a praça começaram a sofrer com problemas típicos das metrópoles brasileiras das décadas de 1970 e 1980: o crescimento desordenado e o aumento da violência. A atração da praça começou a ser danificada e pilhada por vândalos (os principais alvos eram as poltronas e algumas peças). Nos momentos mais extremos a entrada deixou de ser permitida.

Avião DC-3 na Praça da Saudade - Instituto Durango Duarte
Vista da Praça Saudade – Manaus – AM
Luiz teixeira do Amaral (Pai do meu amigo Cmte Welton) – Meados de 1984

Em 1984, na administração municipal de Amazonino Armando Mendes, a Varig/Cruzeiro, em acordo com a Prefeitura de Manaus, decidiu retirar o avião da Praça da Saudade, pois a cada ano, por conta dos danos causados à aeronave, a manutenção tornava-se mais dispendiosa. Foi estimado que o custo ao longo de 1984 seria de 3 a 4 milhões de cruzeiros (Jornal do Commercio, 04/05/1984).
Que fim levou o DC-3 da Praça da Saudade? Foi vendido pela Varig para a empresa Rio Táxi Aéreo, que aproveitou somente o trem de aterrissagem e as rodas. O avião foi retirado da praça a base de marretadas e machadadas por cerca de 10 homens contratados por oficinas de ferro velho, conforme matéria do jornal A Crítica (A Crítica, 24/05/1984). Tinha fim, após 7 anos, a principal atração da Praça da Saudade, deixando inúmeras lembranças naqueles que puderam lhe ver de perto.

 

Foto do momento em que a aeronave foi destruída

Localização

Texto original em http://historiainte.blogspot.com/2020/02/o-aviao-dc-3-da-praca-da-saudade-em.html

Saiba mais https://blogdodurango.com.br/fatos-e-datas-historicas/o-antigo-aviao-dc-3-havia-sido-doado-pela-varig-cruzeiro-para-enfeitar-a-praca-da-saudade-em-1977/

2 – ATR-72 – PR-TTI – Altamira – Pará

Diversas cidades brasileiras tem uma praça, cujo motivo principal é um aeronave preservada. A cidade de Altamira, no norte do Pará, também tem uma “Praça do Avião”, que fica situada no bairro Cidade Nova. Desde a inauguração ela se tornou bastante popular entre os altamirenses e virou uma atração turística da cidade.

A Praça do Avião de Altamira tem duas particularidades que a distinguem de outras similares. Primeiro é o avião, um turboélice ATR-72, que até 2011 transportava passageiros em voos regionais pelo Brasil. Segundo que o avião não é apenas um monumento para contemplação, mas uma lanchonete aberta ao público!

Avião Expresso Food – Altamira – Pará

A lanchonete chamada “Avião Expresso Food” funciona dentro do primeiro ATR-72 a voar no Brasil! O ATR 72-200, serial 454, foi fabricado em 1995 e por 16 anos transportou passageiros em quatro companhias aéreas diferentes. Ele chegou ao Brasil em JUN/2005 para TOTAL Linhas Aéreas, onde recebeu o prefixo PR-TTI. Em 2008 ele foi repassado para a TRIP, mantendo a mesma matrícula.

O fim da carreira operacional do PR-TTI aconteceu no dia 21/FEV/2011, quando finalizava o voo TRIP 5602 entre Belém/PA (BEL) e Altamira/PA (ATM). Logo após tocar na pista 25 de Altamira, durante a corrida de desaceleração, foi sentido um forte barulho seguido do colapso no trem de pouso esquerdo, levando a aeronave a perder o alinhamento e sair da pista. Felizmente nenhum dos 51 ocupantes (4 tripulantes + 47 passageiros) ficou ferido. O processo de investigação apontou como principal fator do acidente, uma falha de fabricação (usinagem) de um pino que compõem o mecanismo do trem de pouso. A peça estava com as revisões em dia e o toque na pista ocorreu dentro do padrão, entretanto o pino acabou cedendo à fadiga precoce do material.

Acidente com a aeronave ATR 72 da Trip

A recuperação do avião foi considerada inviável economicamente e o proprietário decidiu por remover todos os componentes que poderiam ser reutilizados e vendeu a carcaça como sucata. Investidores imobiliários que estavam trabalhando na reurbanização do Bairro Cidade Nova, adquiriram a fuselagem do ATR-72, que em 2014 foi vista parcialmente instalada no local, ainda sem benfeitorias no entorno. Propagandas oferecendo imóveis no novo bairro salientam a praça do avião como um dos principais atrativos do local. Em ABR/2016 foi inaugurada a Praça do Avião, com o antigo PR-TTI, agora transformado em lanchonete, completamente remodelado internamente com a instalação de bancos, refrigeradores, balcão para preparação dos alimentos e ar-condicionado.

Vista da Praça do Avião em Altamira – Pará

Sem dúvidas um final digno para a fuselagem do primeiro ATR-72 brasileiro, que poderia ter sido picado e vendido como “ferro-velho”.

Vida operacional – ATR72-212 # PR-TTI (cn 454)
– MAI/1995 – Primeiro voo (F-WWLI)
– NOV/1995 – Mount Cook Airlines/ Air New Zealand (ZK-MCS)
– MAR/2000 – Atlantic Southeast Airlines/Delta Connection (N531AS)
– JUN/2005 – Total Linhas Aereas (PR-TTI)
– MAI/2008 – TRIP Linhas Aéreas (PR-TTI)
– 21/02/11 – Acidentado em Altamira/PA (ATM)
– 10/04/16 – Inauguração da Praça do Avião, Altamira/PA

Localização

Texto original em https://radaraereo.com.br/2018/11/20/atr-72-ex-total-e-trip-vira-lanchonete-em-praca-de-altamira-pa/

3 – Embraer/Aermacchi – EMB-326 GB – AT-26 – FAB 4493 – Boa Vista – Roraima

O Monumento Xavante AT-26 “Major Brigadeiro do Ar Lauro Ney Menezes” foi instalado no canteiro central da Avenida João Alencar, na divisa dos bairros Aeroporto e Cauamé. A inauguração oficial do monumento ocorreu no final da tarde dessa segunda-feira, 26.  O monumento é representado por uma aeronave identificada como FAB 4493, denominada Xavante AT-26. O avião fez parte de diversos esquadrões da FAB, sendo considerada uma aeronave com bom desempenho para o treinamento de pilotos. Ele entrou em atividade ainda nos anos 70 e teve cerca de sete mil horas de voo. 

Monumento Major Brigadeiro do Ar Lauro Ney Menezes – Boa Vista – Roraima

Utilizada para treinamento militar até o ano de 2008, a aeronave foi desativada dois anos depois. O Esquadrão Escorpião, da Base Aérea de Boa Vista, foi quem cuidou do restauro do veículo. Ele foi doado à Prefeitura de Boa Vista por meio de termo assinado em maio deste ano.  Segundo a prefeita Teresa Surita, o comando da Base já havia procurado a gestão municipal no ano passado, com a proposta do monumento. Boa Vista era a única capital que possuía uma base aérea e que não tinha um monumento desta natureza. 

Para saber mais sobre o Major Brigadeiro do Ar Lauro Ney Menezes

Saiba mais https://www.lisboninternationalpress.com/autores/fernando-a-murat-menezes
Monumento Brigadeiro do Ar Lauro Ney Menezes – Boa Vista – Roraima

“Foi com grande alegria que nós recebemos a aeronave e iniciamos o processo de instalação do monumento, que simboliza os esforços da Força Aérea Brasileira especialmente em suas missões de proteção da Amazônia. Este novo cartão-postal é um presente à população, pois vai contribuir também para deixar a cidade mais bonita e mais receptiva”, disse a prefeita.    Nas palavras do comandante da Base Aérea, coronel-aviador Régis Augusto Azevedo, a história da Força Aérea Brasileira se entrelaça com a história de Roraima. Tanto a instituição do Ministério da Aeronáutica quanto a criação do Território Federal do Rio Branco ocorreram na década de 40.   “Este monumento muito nos orgulha, pois sabemos bem a história que a Base Aérea possui no Estado. Simboliza mais de 30 anos de desbravamento, de proteção à Amazônia, além de ressaltar mais de 70 anos de esforços que a Força Aérea Brasileira tem em defender o país”, destacou. 

Nas palavras do comandante da Base Aérea, coronel-aviador Régis Augusto Azevedo, a história da Força Aérea Brasileira se entrelaça com a história de Roraima. Tanto a instituição do Ministério da Aeronáutica quanto a criação do Território Federal do Rio Branco ocorreram na década de 40.   “Este monumento muito nos orgulha, pois sabemos bem a história que a Base Aérea possui no Estado. Simboliza mais de 30 anos de desbravamento, de proteção à Amazônia, além de ressaltar mais de 70 anos de esforços que a Força Aérea Brasileira tem em defender o país”, destacou. 

Monumento Brigadeiro do Ar Lauro Ney Menezes – Boa Vista – Roraima

O Monumento – A aeronave foi colocada em um suporte de concreto de cerca de quatro metros, bem no meio do canteiro central da avenida João Alencar. A via dá acesso à rodovia BR-174, sentido Venezuela. Ou seja, está localizada em uma das entradas da capital. A posição em que a aeronave foi instalada dá a impressão de que o avião está fazendo um voo baixo ou pousando. Além disso, o veículo aéreo possui fotocélulas intermitentes e que são acionadas via controle remoto. 

Localização

Texto original https://www.boavista.rr.gov.br/noticias/2015/10/monumento-xavante-novo-cartao-postal-ressalta-importancia-da-forca-aerea-na-amazonia

4 – Boeing 767-200 -PT-TAC -Transbrasil – Taguatinga – Distrito Federal

Quem passa pela Avenida Elmo Serejo próximo ao Parque Ecológico Saburo Onoyama, em Taguatinga, já deve estar acostumado com a enorme carcaça de um Boeing 767-200 em frente à antiga casa de shows Via Stadium. A intenção dos empresários que compraram a aeronave e a levaram para o local em 2014 era transformar o espaço em um restaurante especializado em frutos do mar. A novidade tinha até data para começar a operar: março de 2016. Entretanto, dificuldades financeiras atrasaram os planos. Mas agora, os donos da fuselagem esperam fazer o negócio decolar até o início do próximo ano.

Fuselagem do 767,em Taguatinga-DF

A ideia de transformar um avião em restaurante surgiu em 2013, quando os empresários João Batista de Souza e Almir Lopes viajaram para a Ásia. Ao visitarem a Coreia do Sul, conheceram um estabelecimento que ficava dentro da carcaça de uma aeronave da extinta companhia norte-americana Pan Am.

Ao voltarem ao Brasil, Souza e Lopes convidaram outro sócio, e o trio comprou o Boeing 767-200, que fazia parte da massa falida da também extinta Transbrasil. A aeronave foi leiloada como parte do Programa Espaço Livre, do Conselho Nacional de Justiça (CNJ). O modelo estava abandonado no aeroporto de Brasília e foi vendido com outras duas unidades similares. Uma delas foi arrematada por R$ 140 mil, outra por R$ 138 mil e a terceira por R$ 95 mil. Os sócios não revelam qual dos três valores foi o desembolsado por eles.

O PT-TAC (Ou o que restou dele), em eterna exposição em Taguatinga-DF

Espera
Quando algumas partes da aeronave foram desmontadas para o transporte do aeroporto a Taguatinga, em abril de 2014, o avião foi levado ao terreno de mais de 3 mil metros às margens da Avenida Elmo Serejo. O plano era inaugurar o restaurante até o início de 2015, mas as reformas acabaram exigindo mais tempo e dinheiro do que o esperado.

“Acabamos gastando muito mais do que o planejado. E, com a crise, veio a dificuldade financeira para terminarmos as obras. Mas agora acreditamos que até o fim do ano conseguiremos inaugurar o empreendimento” –João Batista de Souza, empresário.

egundo Souza, o terreno que abriga o avião passou por adequações, assim como o interior da aeronave, faltando apenas detalhes — como a pintura externa da fuselagem — para finalizar o serviço. “Queremos colocar grama na área, o que precisa ser feito no período de chuva. Por dentro, boa parte já está quase pronta.”  Uma das etapas finais antes será recuperar a área externa do avião, que hoje encontra-se pichada e desgastada pela ação do tempo (veja fotos abaixo).

Quando estiver em operação, o restaurante vai comportar 98 pessoas sentadas dentro do avião. Mas os empresários querem disponibilizar mesas também do lado de fora.

Detalhe do Boeing 767-200 em Taguatinga – DF

Curiosidade
Enquanto o “restaurante-aéreo” não é inaugurado, o veículo desperta a curiosidade de quem passa pelo local. “Muitas pessoas querem conhecer o lugar. Até o administrador ligou esses dias pedindo que inaugurássemos logo o restaurante para trazer mais visitantes à cidade”, disse o empresário João Batista de Souza.

Segundo a Administração Regional de Taguatinga, a carcaça do avião está colocada em uma área particular e, por isso, não é necessário qualquer tipo de autorização quanto à permanência do objeto no local. Mas, para o empreendimento comercial funcionar, será necessária uma licença.

Localização

Texto original https://www.metropoles.com/pelas-cidades/taguatinga/aviao-restaurante-de-taguatinga-promete-decolar-ate-o-inicio-de-2017?amp

5- Gates Learjet – PT-LBW – Luiz Eduardo Magalhães – Bahia

O fazendeiro e empresário Dirceu Montani, que é ex-morador de São João do Ivaí, decidiu prestar uma homenagem ao seu filho Dirceu Montani Filho, que faleceu em 2013, vítima de um acidente aéreo. Na ocasião, ele pilotava sozinho um Vans RV-10 e, após decolar da cidade de Luís Eduardo Magalhães, no oeste baiano, teve uma pane de motor e caiu logo à frente do aeroporto.

A homenagem foi colocar um jato executivo numa praça, mais especificamente um Learjet 25, um dos mais icônicos jatos executivos. A aeronave em questão, quando voava pelo Brasil, tinha a matrícula PT-LBW.

Aeronave Gates Learjet sendo colcada no pedestal

Esta unidade em específica foi produzida em 1970 e pertencia à Terra Norte Empreendimentos Rurais, empresa também da Bahia. A aeronave hoje está sendo colocada na Praça Dirceu Montani Filho, na cidade de Luís Eduardo Magalhães, no Bairro Jardim Paraíso.

Em entrevista ao portal Cerrado Em Foco, o pai informou que a aeronave ficará aberta ao público e servirá como local turístico e também para visita de escolas. A ideia é deixar o legado do seu filho, que sempre gostou de aviões desde que era criança.

Seu pai, o Sr. Dirceu, contou que seu filho gostava muito de crianças e que sempre que tinha a oportunidade, as levava para sobrevoar. O orgulhoso pai afirmou que através dessa homenagem, adultos e crianças que não conhecem um avião, poderão conhecê-lo de perto.

A aeronave está exposta na praça Praça Dirceu Montani Filho, em Luis Eduardo Magalhães Bahia

Localização

Texto original https://canalhpsji.blogspot.com/2020/11/dirceu-montani-coloca-aviao-em-praca.html

6- Morane Saulnier Parasol L (Réplica) – Capitão Kirk – Porto União – Santa Catarina

Após dois anos de um trabalho com muitos detalhes a Réplica do Avião do Capitão Ricardo Kirk, voltou ao seu local de destaque na manhã desta terça-feira, 31 de dezembro.

A Réplica do Avião foi colocado na praça que leva o nome do Capitão no ano de 2015, quando foi lembrado os 100 anos da morte de Ricardo. Depois de algum tempo devido ao fator climático a Réplica apresentou problemas na sua estrutura, sendo necessário a sua retirada do local e passar um amplo trabalho de recuperação e com material especial.

Inauguração Praça apitão Ricardo João Kirk, patrono da aviação do exército

 

Para que todo o material fosse disponibilizado levou cerca de um ano e meio e ao todo mais de dois anos para se ter uma estrutura sólida.

O trabalho de recolocação da Réplica iniciou às 7h, sendo usado dois caminhões do 5º Batalhão de Engenharia de Combate Blindado de Porto União, que às 7h30 já se colocaram na praça, tendo o início a montagem do charuto com as asas e às 12h, todo o trabalho foi concluído.

Réplica do Morane Saulnier Parasol L em Porto União – Sc

Durante a montagem na praça da Réplica a senhora Irene Winter, esteve no local, junto com o seu marido e lembrou do tempo que também esteve no comando de uma aeronave e destacou a felicidade de ver a Réplica do Avião do Capitão Ricardo Kirk, na praça. Todo o trabalho de recuperação da Réplica foi feita pelo Grupo denominado Kirkianos, que foram os responsáveis pela criação do avião no ano de 2015, na inauguração da praça e agora reafirmaram o seu amor e respeito a história. O professor e historiador Aluízio Witiuk, falou do trabalho de recuperação e de todos que ajudaram.

O acidente que vitimou o Capitão Ricardo Kirk, ocorreu no dia 1° de março de 1915, durante a Guerra do Contestado, quando o militar, sobreviva a região de General Carneiro, no Sul do Paraná, e o avião veio a perder altitude e caiu na região de Marco 5.

O corpo do Capitão Ricardo Kirk, foi enterrado em Porto União, e segundo informações no ano de 2015, quando foi inaugurado a praça a família levou os restos mortais para o Estado de São Paulo.

Localização

Texto original https://colmeia.am.br/replica-do-aviao-do-capitao-kirk-volta-para-a-praca/

7 – UH-1H – FAB – Santa Maria – Rio Grande do Sul

O monumento foi uma parceria da prefeitura de Santa Maria com a Base Aérea e iniciativa privada.  O projeto lançado em 2012, foi construído no canteiro da rotatória da BR 158 com o viaduto e o acesso para a Avenida Fernando Ferrari, e recebeu o helicóptero UH-1H.

A aeronave foi repassada por meio de Termo de doação, processo administrativo de gestão nº 67111.006241/2011-47, doado União Federal, Ministério da Defesa, por meio do comando da Aeronáutica, representado pelo Parque de Material Aeronáutico dos Afonsos, para a Prefeitura de Santa Maria, pelo Ministério da Aeronáutica, Força Aérea Brasileira, especificamente para essa finalidade; tem um peso de 2.500 Kg, comprimento de 17 metros, altura de 4 m e a base de suporte possui 4 metros.  

Inauguração da praça com o helicóptero UH-1H

O superintendente de Praças, Parques e Jardins, Cristian Fabiano Leal Garcia, acompanhou a elaboração e a execução do projeto que teve como parceiros empresários locais para compor os recursos necessários para a conclusão da obra.

São as empresas: Serluz (projeto e execução), Geocentro (perfuração), Urbanes (concreto para a base), Conteg, Associação Rural, SM Iluminações, Frazzon, Boi Bom, Serralheira Seligman, Construtora Jobim, Santo Sabor Churrascaria, Setor Metalmecânico, Madeireira Cerrito e Cofelma. 

Breve histórico

Atualmente, oito unidades da Força Aérea Brasileira operam helicópteros em todo o Brasil, aeronaves responsáveis por salvar vidas e, também, realizar missões como defesa de áreas estratégicas e transporte aerologístico, dentre outras. Esses esquadrões compõem a chamada Aviação de Asas Rotativas, em prontidão para missões desenvolvidas por seus militares.
É uma história que começou em 1953, quando entraram em operação três H-13D, os primeiros helicópteros da FAB. De lá para cá, muitas mudanças ocorreram. Na última década, foram incorporados os H-60L Black Hawk, em Manaus e Santa Maria. 

Localização


Texto original https://www.santamaria.rs.gov.br/noticias/14422-prefeito-farret-inaugura-monumento–com-helicoptero-a-forca-aerea-brasileira-em-rotatoria-da-br158

8 – Bufallo C115 – Posto Bambina – Araraquara – Rodovia Whashington Luiz -São Paulo

O Posto Bambina Araraquara, localizado no quilômetro 267 da Rodovia Washington Luís (SP-310), sentido interior/capital, é hoje um cartão postal de Araraquara. Todos os dias, pessoas vindas de todas as partes do país visitam o posto temático, atraídos pelos atrativos que contam com um helicóptero, um enorme avião Búfalo que foi da Força Aérea Brasileira, e o carro do Batman, que é a maior atração do estabelecimento mantido pela família Pachiarotti há 53 anos.

O Bufallo C155 está permanentemente aberto ao público gratuitamente

Atendendo ao pedido das crianças, em 2015, Vicente adquiriu um helicóptero com a ajuda de seu grande amigo José Roque Cantone, morador de Londrina (PR), que foi restaurado com detalhes ‘amorcegados’ em fibra de vidro pelo artista araraquarense Sandro, da Rua dos Eletricitários – que hoje teve o talento descoberto e mora na Alemanha -, que se juntou às outras atrações e, em 2016, comprou um avião cargueiro Búfalo C-115 que serviu à Força Aérea Brasileira por 50 anos, através de um leilão em Diadema. “A montagem do grande cargueiro ficou a cargo do nosso grande amigo Daércio Luiz Barbato da cidade de Ibaté, juntamente com meu primo Paschoal Nigro Neto, da Nigrofer de Araraquara – tudo acompanhado por nosso grande amigo ‘Batman de Araraquara’, Ronaldo que tem muito conhecimento em aviação. Para dar visibilidade ao avião nós achamos importante construir uma plataforma em cima do posto, através de um financiamento do BNDES, ao qual sou muito grato, feita pela empresa Equimetal de Jaú, nossos grandes amigos também”, lembrou.

Destaque do Buffalo C115
O posto Bambina também possui um Robinson R44 para visitação

Localização

Texto original https://jornaloimparcial.com.br/cidade/carro-do-batman-e-atracao-de-araraquara/

9 – Embraer Bandeirante 110A- C-95 – FAB 2176 – Espera Feliz – Minas Gerais

Em AGO/2013 uma comitiva da câmara de vereadores municipal de Espera Feliz/MG visitou o PAMA-AF para formalizar o recebimento por doação de uma aeronave. O escolhido foi o C-95 FAB 2176 que dois meses depois foi transportado por via terrestre do Rio de Janeiro até Espera Feliz, numa viagem de aproximadamente 400 km.
Espera Feliz situa-se na divisa entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, a pouco mais de 360 km da capital Belo Horizonte. Na área do município fica o Parque Nacional do Caparaó e o caminho para o Pico da Bandeira, os principais atrativos turísticos da cidade.

Embraer Bandeirante em Espera Feliz – Mg

Espera Feliz situa-se na divisa entre os estados de Minas Gerais e Espírito Santo, a pouco mais de 360 km da capital Belo Horizonte. Na área do município fica o Parque Nacional do Caparaó e o caminho para o Pico da Bandeira, os principais atrativos turísticos da cidade.

Aeronave sendo transportada até o local de repouso

Na praça conhecida como Área de Lazer Municipal, foi reservada uma área especial para receber o “avião da FAB”. Ele foi montado pelos mecânicos da Força Aérea e pelos funcionários da prefeitura, e instalado sobre um pedestal para a contemplação dos visitantes. Sem dúvidas foi um glorioso final na história do FAB 2176, um dos primeiros EC-95 da Força Aérea Brasileira.

 

Embraer Bandeirante da FAB

Localização

Texto original http://blog.aeroentusiasta.com.br/2018/07/serie-preservados-3-c-95-fab-2176.html

10 – 14 BIS (Réplica) – Goiânia – Goiás

A Praça Santos Dumont, mais conhecida como Praça do Avião, se encontra no Setor Aeroporto e guarda um dos monumentos mais importantes de nossa grande Goiânia, a réplica do 14-Bis, primeira aeronave construída pelo aviador brasileiro Alberto Santos Dumont.

A Praça do Avião fica localizada no Setor Aeroporto, em Goiânia

O monumento ali encontrado foi construído pelo artista Fernando Nolêtho, como forma de garantir uma bela homenagem ao aviador brasileiro. Apesar disso, informações do Seplan mostram que o primeiro modelo a ser colocado na praça correspondia ao F8 Gloster, que foi bastante utilizado na época.

 

Réplica do 14 Bis bem construída e preservada em Goiânia

A Praça do Avião representa uma das maiores atrações do setor, sendo o ponto de fuga para quem pretende sair um pouquinho de casa e passear pelos entornos. O local conta com uma área verde pouco extensa, assim como boa parte das praças de Goiânia, sendo possível também encontrar espaços para recreação, como playground infantil, estação de ginástica e uma pista esportiva e de skate.

Localização

Texto original https://diaonline.ig.com.br/2020/03/27/praca-do-aviao-em-goiania-tem-muita-historia-para-contar/?utm_source=Isabela+Gon%C3%A7alves&utm_campaign=diaonline-author

Se você conhece mais lugares com aeronaves expostas, entre em contato conosco pelo Whatsapp 62-99261-3015

9 comentários em “10 aeronaves expostas em praças do Brasil – Parte 1 – Civis e Militares”

Deixe um comentário para Jadir Cancelar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.

AfrikaansArabicChinese (Simplified)EnglishFrenchGermanGreekHebrewItalianJapaneseKoreanPortugueseRussianSpanish